sábado, 31 de outubro de 2015

Sonhos de bacalhau



Olá, bom domingo !

Uma dica para cozinharem este domingo, para o vosso almoço....Sempre temos uma ou duas postas de bacalhau   demolhado no congelador. Pode aproveitar  sobras de  uma refeição em que fez bacalhau cozido. Reserve e guarde no congelador. Pode fazer  essa quantidade a mais.
Mas se não tiver, coza 2 postas de bacalhau ( usei do bom, que lasca com facilidade). Depois de limpo deverá dar entre 400 ou 500 gramas. Dá cerca de duas dúzias de sonhos, pode por isso dividir a receita ao meio.

Ingredientes:

2 boas postas de bacalhau cozido, limpo de peles e espinhas
2 ovos
6 colheres de sopa de farinha
25 mililitros de leite e  igual quantidade de natas
noz moscada
raminho de salsa fresca picada
pitada de sal marinho
alho em  pó
pimenta preta q.b.
gengibre ralado fresco ou em pó (uma colher de café)

Aqui o passo a passo em imagens:


O bacalhau cozido e limpo de peles e espinhas 

  


 Duas claras, com pitada de sal



Duas gemas e 4 colheres de  farinha


  


Colocar o gengibre, o alho em pó e a pimenta preta, com uma pitada de sal marinho



Deixar parte da salsa de parte para adicionar mas tarde


Bater as claras que se separaram em castelo firme



 Mexer bem  colocando parte da salsa fresca  picada depois de bem lavada

  

Acrescentar à massa polme, as lascas de bacalhau



 Acrescentar  25 ml de leite  e 25 mil de natas


 


 Acrescentar mais salsa



Adicionar as claras, envolvendo gentilmente para que não percam o ar ( assim os sonhos ficam mais fofos)


 

 

A massa obtida fica bastante  mais líquida, assim acrescenta as duas colheres de farinha, que faltam para perfazer as seis da receita.

Mexer bem e formar  bolinhos com a ajuda de duas colheres. Fritar em óleo quente, quando o óleo está quente,  coloque a força do gás ou electricidade um pouco mais moderada, o óleo mantêm-se quente por bastante tempo e assim os seus sonhos não ficam escuros.



Veja que delícia



Sirva com arroz de qualquer espécie, saladas, legumes salteados ou apenas assim, como aperitivo !



Espero que goste da sugestão. Bom apetite  e um dia cheio de alegrias.


quarta-feira, 28 de outubro de 2015

Pão meio integral, super fofo

Boa tarde amigos, 

Costumo fazer o meu pão, porque me sinto mal com o pão industrial.
Tenho um forno eléctrico comum, mas de ar forçado.

Este é um pão meio integral.

Ingredientes:

200 grammas de farinha de trigo de boa qualidade e sem fermento.
400 gramas de farinha  integral  (  pode usar meio meio, ou seja 300 gramas de cada).
1 saqueta de fermento de padeiro em pó.
1 colher de chá de sal fino marinho.
1 colher de sopa de açúcar amarelo ou mascavado.
1 copo de água morna.
1/2 copo de azeite ou óleo de girassol, morno.
Coloque a farinha numa taça,
reservando  dos 600 gramas das duas farinhas, umas 200 gramas para ir acrescentando.
Faça um buraco no montinho da farinha. Verta o fermento e vá adicionando a água morna. Depois acrescente o azeite ou óleo ou 150 gramas de manteiga derretida.
Nesta altura acrescente o sal ( o sal não deve ser colocado logo de início para não anular a acção do fermento).
Acrescentar a colher de açúcar.
Amassar a massa estendendo, dentro da taça, para cima, dobrar na direcção do seu corpo. Assim está a dar boa energia à massa. Amasse por dez minutos, e vá acrescentando a restante farinha. A massa tem de ficar homogénea, elástica, e que aglomere numa bola, deslocando com facilidade das paredes da tigela.
Unte as mãos com azeite e passe nas paredes da tigela, para que, quando a massa crescer, não agarre.
Pode amassar desde o início sobre a pedra ou tábua de cozinha ou bancada, bem limpas.
A técnica é esticar com a mão, a massa, para a afastar do seu corpo, dobrar na direcção do corpo.
Fazer tantas mais vezes quantas necessárias até a massa estar bem elástica. Deixar repousar e levedar.
Tape com pano limpo e deixe levedar pelo menos duas horas. Retire uma pequena  bola de massa e coloque num copo cheio de água. Não deite a água sobre a massinha, faça o contrário, primeiro enche o copo com água fria e depois coloca a bolinha de massa.Vê essa bolinha no copo na primeira foto.







Quando a bolinha estiver à tona de água, pode  colocar e formar os pães do feitio que quiser, sobre o tabuleiro forrado a papel vegetal para culinária.
 Deixe levedar mais meia hora, já com a forma que lhes quis dar.

Não esqueça de colocar uma pequeno tabuleiro com água no fundo do forno,para hidratar o pão.

Forno pé-aquecido a 180ºC. Tabuleiro ao meio. Colocar o pão para cozer por 20 minutos, tendo o cuidado de  diminuir a temperatura para 160ºC. E depois está pronto.

Neste momento, faço pão diverso, nunca faço igual. E cozo duas a três vezes por semana.

terça-feira, 27 de outubro de 2015

Quiche folhada de abóbora, cogumelos e mozzarela


Boa tarde,
Uma ideia de refeição rápida e muito agradável servida com salada verde, é esta quiche.
Pode ser feita com massa quebrada, massa filó ou massa folhada.


Como se faz:

600 gramas de  massa folhada, dois queijos frescos, mozzarella ( usei de vaca e não de buffala).
200 gramas de cogumelos. Pode usar de  conserva, usei frescos que salteei numa  frigideira antiaderente, com um fio de azeite, pimenta preta, salsa e um tico de sal marinho. Um tico é uma migalha, aprendi a cozinhar com muito pouco sal e apenas uso o sal marinho. Recorde-se que o sal comum, não existe na natureza, é feito em laboratório e por isso, faz mal às veias e artérias. Claro que o marinho é muito mais caro, mas gasta muito menos, e tempera com muito menos. É muito mais saudável, apesar de não se dever abusar, porque vem do mar.



Do mesmo modo, salteei quadrados de abóbora ( usei 400 gramas de abóbora limpa).
Pré aqueça o forno a 180 º C.
Forre a forma de tarte com a massa ( um pouco mais de metade para a base - porque não a pode deixar muito fina, já que os legumes, mesmo escorridos, sempre largam líquido.
Se quiser forre a tarteira com papel vegetal para depois poder desenformar sem problema.
Coloca os cogumelos e a abóbora. Sobre estes rodelas de mozzarella fresco.
Depois fecha com a outra parte da massa que tende em forma de círculo.
Leva ao forno por 30 minutos, no meio do forno e baixa a temperatura para 160ºC.

Quando a cozedura terminar, se estiver dourada, deixe repousar um pouco e abra a porta do forno, uma nesga, ( coloque por exemplo uma rolha, para sair o excesso de ar quente).
Eu uso forno eléctrico ventilado. Assim o calor vai sendo distribuído igualmente.

 Só esqueci de referir que antes de fechar a tarte com a "tampa", deve polvilhar os legumes com salsa picada e um pouco de pimenta preta e gengibre ou seco ou ralado.

Esta receita pode ser feita com tomate ou couve flor ou brócolos em vez de abóbora, com restos de frango assado, sem o mozzarella, e usando parmesão ou regianno, ou outro qualquer queijo ou até requeijão.
Pode ainda ser feito com marisco e quase tudo o que lhe passar pela cabeça como atum.
Espero que goste da ideia.

Experimente e bom apetite.

domingo, 25 de outubro de 2015

Meta do ano : Viver melhor

Bom dia,

Creio que não é segredo que depois de se ser mãe,  particularmente  de mais de um filho, se fica geralmente com algum excesso de peso. Outro factor é o sedentarismo. O facto de andarmos menos a pé, estarmos mais tempo assistindo à TV e nas redes sociais, através dos telemóveis ou computadores, isto é, sentados.
Por isso e porque venho desde há algum tempo tendo muito mais cuidado com a minha alimentação, nunca deixando de comer, resolvi partilhar convosco algumas dicas ou ideias.
Ideias  para praticarmos e que nos podem ajudar a limpar o organismo, a melhorar o aspecto do nosso cabelo e da pele, unhas e estado em geral. 
Por exemplo, sofro dos ossos, tenho artrose nalguns ossos e tenho  alguns problemas na coluna. Não posso por isso fazer desportos violentos ou correr.
Foi-me aconselhado nadar, e andar ou ainda Yoga e Tai-Chi, e uma ginástica suave no tapete, para manter as articulações o mais saudáveis possíveis.
Algumas coisas irei partilhando convosco. 
Uma das coisas é ter sempre chá verde feito, ou num pote ou num termo, se gosta de frio, coloque no frigorífico.
Beber vinho, pode se não ultrapassar os 20 cl. por dia.  Se como só, nunca bebo. Mas não minto, adoro beber e em Portugal os vinhos são muito bons. Mas não beba bebidas processadas a partir de concentrados. Pela sua saúde, não beba refrigerantes, nem  sumos adoçados.
Nada como um batido de frutas feito em casa. Uma limonada. Costumo colocar um litro de água, sumo de dois limões e umas quantas frutas, cortadas, dentro, e apenas uma colher de sopa de mel. 
Outras vezes bebo chá verde. Ou apenas a limonada, dois limões espremidos, se forem grandes, umas rodelas de limão, cubos de gelo, uma colher de mel. Experimentem. Uma das coisas que notei foi a minha barriga  encolher e ficar mais tonificada.
 Alimentos antioxidantes. Com estes podemos perfeitamente comer muito menos carne e até peixe.
Recorde-se que recentemente saiu um estudo que aponta charcutaria e carnes vermelhas, como potenciais alimentos que causam o cancro.

Veja as sugestões.





 Porque devemos beber água, sopa, chás e tisanas pouco ou nada adoçados, limonada feita em casa etc? para ajudar a limpar o nosso organismo.




 Quanto se perde em termos de calorias,  com alguns exercícios mais comuns?


 Nem todos precisamos perder peso, há quem seja muito magro ou precise ganhar massa muscular. Aqui em cima, três tipos de dietas para lhe ajudar.




Temperos  para dar saúde e ajudar a usar muito menos sal.


Como "alimentar os seus músculos.

Um dos conselhos que vos dou, é  caminhar. Tem técnica. Vá andando um dia de cada vez, até ganhar o vício. Depois o organismo já não passa  sem a caminhada.

 Um outro dia escreverei  mais das técnicas que uso. Em termos de peso, perdi cerca de 9 quilogramas, mas perdi mais de 14 centímetros de volume. Preciso perder muito mais.

Depois colocarei mais conselhos e como usar o desporto a nosso favor, para nos ajudar a perder peso e volume.

sábado, 24 de outubro de 2015

Chilly com bacon e ovos


Uma refeição rápida, e que deve ser consumida moderadamente e apenas de vez em quando. Isto porquê?
Bacon foi considerado um dos alimentos mais perigosos e que pode fomentar, em pessoas mais débeis e com historial de família, o aparecimento de doenças oncológicas.




Use sempre produtos de muito boa qualidade e em cozinhados. Neste caso coloque o bacon cortado miúdo, o mais magro que encontrar, em caçarola antiaderente sem qualquer gordura.




Vá virando até estar bem confeccionado.


Adicione feijão previamente cozido, ou uma lata de feijão. Eu não uso o molho que vem nas latas ou frascos. Pelo contrário, escorro e passo o feijão por água corrente.


Deixe apurar um pouco, cerca de dez a quinze minutos. Acrescente salsa, gengibre ralado, pimenta preta, alho esmagado e um tico de sal marinho. Mexa.



Acrescente os ovos e escalfe-os no feijão já temperado.Adicione um pouco de água quente ( ou caldo de legumes, cerca de um copo de 30 cl.

Deixe apurar um pouco e já está.

Não esqueça que é uma refeição a comer de vez em quando, por exemplo um brunch de sábado ou domingo.

Usei- 200 gramas de  bacon,  de primeira qualidade com pouca gordura, e 400gramas de feijão cozido e escorrido. Dois ovos médios e os temperos acima referidos.

Bom apetite.

Bom domingo

Gena

quinta-feira, 22 de outubro de 2015

Arroz de legumes

Olá amigos, 

Muitas vezes estamos sozinhos e  a tendência é de comermos uma porcaria qualquer, só para não termos o trabalho de fazer algo saudável.

Por isso tenha sempre cenourinhas e ervilhas  finas, Coza-as com um pouco de sal e acrescente uma chávena pequena de arroz lavado. Acrescente um pouco de caldo de legumes ( guarde a água de cozer os legumes, deixe esfriar e congele em caixas. Quando precisa, retira do congelador e usa. Marque por fora o que contêm a caixa com uma etiqueta e a data.
Baixe o lume, mexa e tape, deixe o arroz e os legumes cozerem. Verifique o sal e se quiser coloque uma nozinha de manteiga ou uma colher de natas ou um fio de azeite, pouco.

Sirva numa tigela e reconforte-se. Muito melhor do que uma sandwich, um cachorro ou um hambúrguer e é saudável.

Cada tigela de tamanho médio tem menos de 200 calorias. 

Espero que gostem da dica e bom apetite.



domingo, 18 de outubro de 2015

Ideias para não sair de casa sem comer



Bom dia,

Um dos maiores erros que se cometem, é sair de casa sem comer. Depois do jejum da noite, devemos  beber um copo de água, para lubrificar e hidratar o corpo. 
O pequeno almoço é a principal refeição do dia e aquela que pode fazer com que aguentemos um dia sem comer desalmadamente.
Sabiam que se comerem bem, não vão engordar O organismo está sequioso para repor os níveis de vitaminas, minerais, hidratos de carbono, e níveis de sódio e potássio. Por isso é tão importante comer bem, pela manhã.
Mesmo que não seja grande comedor, veja algumas ideias para se reconfortar antes de sair de casa.

   
Um chá e um scone feito com pouca manteiga e com leite de coco. 






 
 Café preto, bom e acabado de passar, com um crepe e metade de um pote de iogurte natural.



Meio requeijão com compota de uma fruta, confeccionada com 1/4 do açúcar. Esta de ameixas vermelhas.


Meio queijo pequeno, fresco, duas fatias de pão torrado e café.


 
Duas fatias de pão torrado e um café com leite ( leite de amêndoa ou noz)


Um pão caseiro feito com farinha sem glúten, com uma fina camada de doce quase sem açúcar e café.


Como vê, são sugestões fáceis para que nunca saia de casa sem algo no estômago.

A meio da manhã, como uma maçã e uma bolacha tipo torrada.

Uma maçã por dia, não sabe  em que lhe faria.


Espero que tenham gostado das sugestões.