terça-feira, 6 de maio de 2014

Sopa primavera

Olá,

Mais uma semana que se iniciou, , vento fraco, sol e um tempo soberbo de primavera.
No entanto, há noite ainda esfria muito
O tempo tem estado delicioso, a temperatura bem agradável, mas ainda apetece comida quente....
Uma boa sopa,  que é quase uma refeição.

Vou aqui colocar o passo a passo, para quem não sabe cozinhar bem e dando dicas, para que sai sempre bem e possa inclusive variar.

Sopa  boa:

Ingredientes:  

2 batatas ( usei batata que tinha cozidas, como nunca cozo as batatas com o peixe, elas podem sempre ser utilizadas para  fazer outra coisas).Estas até tinha bróculo misturado.

300gramas de courgete descascada e cortada em cubos. Pode usar outros legumes a seu gosto.

300 a 400 gramas de abóbora cortada em cubos.

2 cenouras peladas e cortadas em cubos

300 gramas de couve arranjada ( pode ser qualquer couve, usei lombarda)

200 gramas de grão cozido. Pode usar feijão vermelho, catarino ou manteiga.

1 cebola grande

sal marinho

Salsa  picada

Pimenta preta

Massinhas a gosto  ( Usei 50 gramas de pontinha)

2 litros de água

azeite q.b.


Modo de preparar:





Pique a cebola ( usei roxa, porque só tinha cebolas  branca  miúda), Acrescente azeite a gosto. Deixe  refogar um pouco. 


Pise as batatas cozidas ( se não tiver coza primeiro a batata e pise com o pisador, como se fosse para fazer puré).




Pise muito bem a batata



Vá misturando a batata pisada com o refogado leve de cebola.


 O preparado é uma espécie de puré.


Acrescente a água, de preferência  bem quente.

 


Lave e descasque todos os legumes e corte-os em cubos.




Deite os legumes para a caçarola / tacho





Levante o fogo para médio/forte.


Deite um fio de azeite


Uma colher de sal marinho ( uso uma medida que equivale a uma colher de sobremesa). Já aqui referi muitas vezes que não uso sal comum. O sal marinho não tem inconvenientes para a saúde, para além de ser uma fonte natural de cálcio e de não provocar a subida ou desregulamento da tensão arterial. O único inconveniente é ser  mais caro do que o sal comum,mas dura o triplo do tempo e não faz mal à saúde.



Acrescente a couve limpa e sem os talos e veio do meio, lavada e partida.


Acrescente as massas que gosta mais, usei pontinha mas poderia ter usado outra qualquer.



Junte as 200 gramas de  grão cozido. Se gostar de sopa ainda mais forte, coloque as 400 gramas da embalagem de grão. Pode em vez de grau, usar qualquer tipo de feijão a seu gosto. Pode colocar mais quantidade, se gostar da sopa bem forte.

O que não usar mantenha até 2 dias,  no líquido que vem no frasco, no frigorífico. Pode acrescentar a uma salada, ou legumes salteados na caçarola a acompanhar um peixe ou um grelhado, ou apenas assim.




Mexa tudo.





Acrescente salsa picada.


Acrescente uma pitada de pimenta preta.


A salsa


Mexer tudo muito bem.


Rectifique temperos, verifique se falta sal , ou se precisa um pouco mais de azeite.


Baixe o lume para o mínimo ( a sopa entretanto deverá ter começado a ferver).


Tape, deixando uma pequena abertura para largar vapor, já que a sopa ferve e se o lume estiver muito alto, vem para fora do tacho.  Deixe cozinhar, a partir deste momento entre 30 a 40 minutos, e a sopa estará  pronta.
Se quiser cozer mais rápido, coloque o lume médio a alto, e vá vigiando, para não pegar ou ficar sem caldo....ou a sopa não saltar fora da  panela. Prefiro sempre cozinhar devagar. A comida fica sempre muito melhor e bem mais saborosa.


Tenho sempre salsa em vaso. Neste caso, está num vaso no estendal da roupa.


E aqui está a sopa pronta. Boa para levar para o seu trabalho, acompanhada de uma peça de fruta, é uma boa refeição vegetariana.

Bom apetite.