quarta-feira, 25 de setembro de 2013

Caldo Verde

Olá querid@s,

Por terras portuguesas, frio e sol. Felizmente sem chuva, para já.

Ora se ainda faz  frio, temos que comer comida bem quentinha e  por isso, uma sopa.

Já vos disse que uma das razões pelas quais resolvi colocar receitas em passo a passo, tem também a ver com razões familiares. As minhas filhas estão  não tarda senhoras casadas e é um modo de lhes recordar como eu faço em casa.

Por isso, hoje um "caldo verde", simples e sem qualquer carne.

O que precisa:

500/600 gramas de couve portuguesa ou galega, cortada fininho. Chamamos cortada para  caldo verde.

2 batatas grandes
2 cebolas grandes
2 colheres  de azeite
sal q.b.

Preparação: Colocar as cebolas cortadas em pedaços pequenos com uma colher de azeite, a refogar.



Deixar refogar apenas dois ou três minutos em lume brando até a cebola começar a ficar transparente.



Adicionamos  as batatas descascadas e cortadas em pedaços




Adicionar um litro e meio de água fervente.




Mexer e  colocar uma medida de sal ( equivalente a uma colher de sopa de sal marinho, rasa)




 Deixar cozer por vinte minutos em lume brando

 


Usar a varinha mágica para reduzir as batatas e cebola a puré.

  

Manter em lume muito baixo. 

 Lavar a couve ripada fino.

 

 Depois de lavada, escorrer. 




 As couves são criadas junto da terra e levam estrume. Por mais bem lavada que esteja, temos sempre de ser cuidadosos.
 Escaldar as couves com água muito quente, com a ajuda de um passador.

 

Escorrer depois de ter a certeza que a couve está bem lavada e escaldada. O escaldar a couve verde escuro, torna - a mais macia. 


Deixar uns segundos a escorrer.





Envolver bem. 

  

Mexer e rectificar de sal. 


Colocar a segunda colher de azeite. 


  

Baixar o fogo e tapar. Deixar cozer por 20 minutos e voilá. Está pronta.





Bom apetite.

Podem crer que é uma sopa nutritiva, que é boa para acompanhar o que quiser e nem por isso é muito calórica.